ZEITGEIST NA PUBLICIDADE: ANÁLISE DA HISTÓRIA ECONÔMICA DO BRASIL E SEU DIÁLOGO COM OS COMERCIAIS TELEVISIVOS DO BANCO ITAÚ, DE 1980 A 2009.

  • Leonardo Gonçalves de Souza Centro FAG
  • Gustavo dos Santos Prado

Resumo

Essencialmente, o trabalho publicitário tem como objetivo a produção e veiculação de peças promocionais, em que a mensagem anunciada procura conquistar a atenção e gosto do público-alvo. Desta forma, os profissionais da área devem ter o entendimento dos anseios e valores de diferentes grupos sociais, a fim de atingi-los da maneira mais precisa possível. Este conjunto de fatores sociais está inserido no conceito de zeitgeist (ou “espírito do tempo”), pois abarca o estudo do conjunto de tendências culturais inseridas em certa sociedade em uma época específica. Assim sendo, questiona-se como as peças publicitárias projetam esse zeitgeist em sua matéria comunicativa. O presente artigo buscará responder tal indagação a partir dos comerciais televisivos do Banco Itaú, de 1980 até 2009, procurando compreender os propósitos comunicacionais do Banco com o cenário econômico nacional de cada época. O estudo possui caráter descritivo, com abordagem qualitativa, de natureza aplicada, com coleta de dados ocasional e análise de conteúdo de fonte primária. Entende-se que os comerciais analisados conversam com o cenário econômico brasileiro em diversos aspectos da mensagem, sendo o caso do Banco Itaú uma evolução comunicacional a partir de seu acompanhamento da evolução do cenário socioeconômico nacional.

Publicado
Out 18, 2018
##submission.howToCite##
DE SOUZA, Leonardo Gonçalves; PRADO, Gustavo dos Santos. ZEITGEIST NA PUBLICIDADE: ANÁLISE DA HISTÓRIA ECONÔMICA DO BRASIL E SEU DIÁLOGO COM OS COMERCIAIS TELEVISIVOS DO BANCO ITAÚ, DE 1980 A 2009.. REVISTA ADVÉRBIO, [S.l.], v. 13, n. 26, out. 2018. ISSN 1808-883X. Disponível em: <https://adverbio.fag.edu.br/index.php/ojs3/article/view/193>. Acesso em: 20 jul. 2024.